CEV

Comissão Estadual da Verdade

Acessibilidade: A+ A() A-
NOTÍCIAS

Público escolar lota galerias no lançamento do Projeto “A Memória vai à Escola”


Foto: Sal Freire

Em busca de estimular a consciência crítica dos jovens sobre o período ditatorial no Brasil e no Amapá, a Comissão Estadual da Verdade Chaguinha lançou na manhã desta sexta-feira, 16, no Centro de Difusão Cultural João Batista de Azevedo Picanço, o projeto "A Memória vai à Escola", que tem como objetivo levar ao espaço escolar a temática da ditadura civil militar, incentivando os alunos a exercerem a cidadania, fomentando debates sobre as violações dos direitos humanos ocorridas no passado para que ela seja combatida e que não volte a acontecer. Realizado em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seed), o projeto será expandido para todas as escolas da rede estadual de ensino. Os primeiros a receber foram os alunos da Escola Estadual Gabriel de Almeida Café, que compareceram em massa no local do lançamento. Para a aluna Paula Vieira, do quarto do ensino médio inovador, a iniciativa do projeto foi muito importante para complementar o aprendizado. "Já trabalhamos vários temas que abordam sobre o período militar, mas nada parecido com a maneira com que a Comissão aborda. Então, a vinda desse projeto para dentro da escola foi importante para acrescentar na nossa maneira de aprender, compreender e refletir", enfatizou. A secretária-executiva da Comissão da Verdade Chaguinha, Izabel Cambraia, disse que os jovens são o foco principal do projeto. "Se nós quisermos mudar essa história, não permitindo que episódios da ditadura voltem a acontecer, precisamos conscientizar os jovens e por isso a importância de realizar o projeto 'A Memória vai à Escola'", destacou. Durante o lançamento, os alunos também foram os protagonistas e colocaram em prática o que aprenderam nas oficinas de Cerimonial, Jornalismo e Operacionalização de Som ofertadas pela CEV/AP. No evento, eles conduziram o cerimonial, produziram reportagens, deram apoio no áudio e ainda palestraram sobre o Ato Institucional nº 5, o AI - 5. A Comissão ainda abordou os temas: A Ditadura Militar no Brasil e no Amapá; Lei da Anistia; Comissão da Verdade e sua atuação e Direitos Humanos e suas vertentes. Também houve exibição de vídeos, exposição de fotos de personalidades históricas, músicas, poesias e peças teatrais para retratar a época. A próxima ação do projeto será no período de 19 a 23 de maio, no Arquipélago de Bailique. Leidiane Lamarão Ascom/CEV-AP

Rua Francisco Azarias da Silva C. Neto, nº 1, Beira Rio
Centro (Anexo à Casa do Artesão) - Macapá/AP - CEP 68.900-080
E-mail: comissaodaverdade.ap@gmail.com - Fone: (96) 32123121
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International

Amapá